Logotipo

Logotipo




segunda-feira, 19 de julho de 2021

Cadastro de voluntário novo

Olá
Você será direcionado para o formulário de cadastro.

Por favor, preencha-o e envie.
Clique aqui

whatsApp: 11 96651 5777

grupodeamigosvoluntarios@gmail.com

sábado, 13 de junho de 2020

Copie esse texto, cole no seu whatsApp e envie para seus amigos e família

https://flic.kr/s/aHskJyUN91

VENDE-SE LOUÇAS FRANCESAS

Você precisa comprar louças novas?

Você procura um bom presente de casamento?

Sua amiga vai inaugurar o apartamento novo e você dará um presentinho à ela?

No GAV, tem louças de ótima qualidade e baratas.
Eu te garanto que você não encontrará esses preços em outro lugar!

A renda obtida com as vendas será usada para pagar aluguel, IPTU, luz, água, gás, material descartável, material de limpeza e demais despesas.

A sua compra é muito valiosa.
Ajudará a ONG alimentar os MORADORES DE RUA.

GAV - Grupo de Amigos Voluntários
www.gav-grupodeamigosvoluntarios.blogspot.com.br

11 96651 5777

POR FAVOR
REPASSE aos seus amigos, colegas de trabalho, vizinhos e família.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019








O GAV servirá um delicioso jantar de natal aos moradores de rua.

15 de Dezembro de 2019
R: Marconi
Centro
21h00


Você poderia doar um alimento da ceia ou um item para montar o kit de higiene íntima?


Obrigada

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

BENFEITORIA

O GAV é uma ONG que faz comida e distribui aos moradores de rua no centro de São Paulo, todos os domingos.

Não temos patrocinadores. Todas as despesas são pagas através de uma VAQUINHA entre os voluntários e os amigos simpatizantes da causa.


Nós temos despesas fixas e necessitamos paga-las mensalmente para continuarmos ajudando o povo de rua (aluguel da sede, IPTU, luz, água, etc). Você poderá ser um mini patrocinador dessas despesas.


A sua doação é muito preciosa para nós!


Acesse o Benfeitoria.

Escolha o valor que estiver ao seu alcance.
Faça a sua assinatura.
Todos os meses, o valor escolhido será debitado do seu cartão e o Benfeitoria fará a transferência para a conta da ONG.

Muito obrigada

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Mãos! Mãos! Mãos!

Precisamos de mãos cheias de amor e boa vontade.

Para ajudar a descascar as batatas. Picar pimentões, beterrabas, cheiro verde. Processar os alimentos. Fazer a comida. Encher as marmitas.

No final, também ajudará a lavar as louças e o salão.

domingo, 2 de junho de 2019

Dia e horário de trabalho

O nosso trabalho voluntário acontece somente aos domingos.

Horário de chegada: 15h30


Saída p/ distribuição na rua: 20h30

Encerramento por volta das 22h00


É o voluntário quem faz a sua própria escala de participação!

O voluntário poderá colaborar todos os domingos.
ou a cada 15 dias.
ou apenas 1 vez por mês.

E deverá optar por um período:

Das 15h30 ás 20h30 (ajuda a preparar a comida e vai embora para casa)

Das 15h30 ás 22h00 (ajuda a preparar a comida e vai para a distribuição)

Chega na sede ás 19h00 e coloca o porta-malas do carro GG á disposição para transportar as caixas de isopor até o nosso local de distribuição.



sábado, 1 de junho de 2019

Uniforme

Os voluntários usam um avental azul marinho com o nosso logotipo.

É cobrado apenas o valor de custo:
1 metro de tecido
Viés
Mão de obra da costureira

O avental deverá ser usado na hora da distribuição na rua porque facilita a visualização dos voluntários no meio dos moradores de rua.

O avental estará disponível para comprar somente depois que o voluntário novo tiver participado 4 vezes. Primeiro, ele passará pelo período de adaptação para ter certeza se continuará frequentando os trabalhos.

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Informações importantes

Objetivo

Prestar assistência aos moradores de rua na tentativa de amenizar o sofrimento que eles enfrentam nas ruas. Eles sentem fome, sede, frio, dor, abandono, descaso, exclusão.

Atendemos a média de 300 moradores de rua por domingo.

Não fazemos distinção de idade, cor, raça, time de futebol e religião entre os assistidos. Atendemos a todos com igualdade, amor e respeito.

Religião

O GAV é um grupo espírita.

O nosso trabalho é baseado na doutrina espírita codificada por Allan Kardec.

A maioria dos voluntários é espírita, inclusive, a coordenadora.

As pessoas de outras religiões são bem vindas e suas convicções religiosas serão sempre respeitadas.

Patrocínio

O GAV não tem patrocinadores.

Atualmente, os voluntários que tem condições fazem uma vaquinha para pagar as despesas mensais.

Não temos vínculo com nenhuma empresa privada ou políticos.

Remuneração

Nenhum voluntário é remunerado.

Eu não tenho dinheiro para pagar a mensalidade. Como poderei ajudar?

Existem muitas formas de ajudar a ONG. Basta ter força de vontade, iniciativa e disposição.

Aquele que não tem dinheiro poderá ajudar de outras maneiras:
Vender rifas.
Vender louças.
Arrecadar os alimentos com os amigos, vizinhos e parentes.

Rateio de alimentos perecíveis

Os alimentos perecíveis deverão ser levados somente no domingo que o voluntário for ajudar. Não é obrigatório.

O rateio será enviado via whatsApp durante a semana.

Trajes

Por favor, vista-se o mais simples que puder.

Convém ir ao trabalho voluntário de chinelo havaiana, sandália rasteirinha, camiseta velha, calça jeans velha, bermuda, conjunto de moletom. A ideia é chegar bem próximo da realidade deles.

A mulher não pode usar decote, saia curta, calça justa e roupa insinuante. Por favor, não use essas roupas em hipótese alguma!

O homem não pode usar shorts curto e ficar sem camisa.

Por favor, tire anéis, pulseiras, brincos. Tudo o que pode chamar a atenção. Nós nunca tivemos problemas com assaltos, mas o bom senso pede para não facilitarmos.

Revezamento aos domingos

A escala de voluntários funciona em sistema de revezamento.

O voluntário faz a sua própria escala.

Ele tem 3 formas de participar:
Todos os domingos
A cada 15 dias
1 vez por mês

É importante comparecer, pelo menos, 1 vez por mês para não perder o vínculo com a instituição.

Confirmação da presença ou ausência

Todo início de semana, o voluntário tem o dever de confirmar a presença ou ausência no trabalho do próximo domingo.

A escala precisa ser bem distribuída para não atrapalhar o bom andamento dos trabalhos semanais. Necessitamos de 13 ajudantes por domingo.

Quando a escala fechar, o voluntário deverá escolher outro domingo para participar.

Quem precisar ir embora ás 20h30, deverá avisar no momento que confirmar a presença.


Após a prece final, o voluntário poderá ir embora para a sua casa. Não é obrigatório ir para a distribuição.

Acompanhante

O voluntário não poderá levar um acompanhante antes de colocar o nome dele na escada da semana.

Faltas

O voluntário não poderá faltar no dia marcado, pois não teremos tempo suficiente para encontrar um substituto.

Se aparecer um imprevisto, o voluntário terá o dever de enviar um parente, amigo ou conhecido no seu lugar.

Se alguém faltar, sobrecarregará os colegas que comparecerão.

Revezamento para cozinhar

A comida é feita pelas mãos de todos os voluntários.

Aqueles que não sabem nada de cozinha, aprenderão com os voluntários antigos.

Café da tarde

Ás 17h00, nós damos uma pausa para tomar o café da tarde.

Cada voluntário leva um pratinho de alimento saudável feito em sua própria casa para compartilhar com os colegas. Não necessita luxo.

Aquele que não tiver condições financeiras, não precisará levar nada e poderá se alimentar junto conosco sem problema nenhum. Nós compreendemos.

Parada para fazer o Evangelho

Após o café da tarde, os voluntários sentam-se juntos para ler um texto religioso e comenta-lo. 
Este é um dos momentos mais importantes do nosso trabalho.

30 minutos = Reunião, boas-vindas aos voluntários novos e avisos.

30 minutos = Evangelho no Lar, leitura e comentários (livros de Chico Xavier e Allan Kardec)

Limpeza do salão e lavagem das louças

No final da preparação da comida, as panelas e os utensílios domésticos são lavados e todos os voluntários ajudam.

Não se deve deixar apenas 2 ou 3 colegas lavarem as louças sozinhos. O revezamento na limpeza é importantíssimo para a boa convivência do grupo.

Tarefas extras

Existem tarefas extras que precisam ser feitas:

Retirar doações
Ir ao atacadista para comprar os alimentos e descartáveis
Retirar a carne
Retirar as batatas na zona cerealista
Comprar os descartáveis nas distribuidoras
Buscar o gás

Em algum momento, todos os voluntários que tem carro serão convidados a participar do revezamento dessas tarefas.

Carros GG

Nós precisamos de 2 carros GG por domingo. E os donos desses carros não poderão faltar em hipótese alguma.

Não haverá tempo suficiente para encontrar outro carro GG ou contratar um carreto em cima da hora.

Não existe a menor possibilidade de transportar 7 caixas de isopor gigantes cheias de comida, galões com líquidos, caixas plásticas, mesa, bancos e todos os materiais de apoio nos porta-malas dos carros pequenos. Eles não tem tamanho adequado para comportar toda a carga. Nós levamos muitas coisas para a distribuição.

Se o carro GG faltar, 300 marmitas serão jogadas no lixo e os moradores de rua ficarão sem comer.

Transporte dos voluntários

Os voluntários que não possuem carro pegarão carona com os colegas que tem carro.

A prioridade é da carga.
Primeiro, distribuímos tudo entre os carros que estão presentes. Depois que a carga estiver acomodada, se sobrar lugar, os voluntários poderão pegar carona.

Se não sobrar lugar nos carros, o voluntário terá que ir para distribuição de metrô.
A nossa sede fica a 5 minutos do metrô Guilhermina-Esperança.
A R: Marconi está bem próxima do metrô Anhangabaú e metrô República.

Grupo de whatsApp

O GAV não tem e não pretende criar grupo de whatsApp. Não há necessidade.

A comunicação é centralizada em uma única pessoa para facilitar a administração e organização dos trabalhos.

Aquele que criar algum tipo de afinidade com um colega, poderá trocar telefone apenas com ele, sem envolver o grupo todo.

Crianças

Não é recomendado levar crianças menores de 13 anos.

Nós temos muitos caldeirões com comida borbulhando no fogão e isso é muito perigoso para as crianças. Poderão se queimar com gravidade.

A porta do salão fica aberta. A rua é movimentada. Esse é outro perigo para as crianças.

O salão é pequeno. A criança terá que ficar sentadinha na cadeira das 15h30 ás 20h30, são muitas horas sem fazer nada. Não tem nenhuma distração e as crianças ficam extremamente entediadas e nervosas. Choram muito. É um sofrimento desnecessário.

Não convém levar crianças pequenas nos nossos trabalhos. É melhor deixa-las em casa aos cuidados de algum adulto.


Se restarem dúvidas, por favor, me chame no whatsApp.

Obrigada pela atenção.

ROSELAINE


quinta-feira, 30 de maio de 2019

Quantidade de alimentos usados por domingo

Aceitamos doações destes alimentos.

15 quilos de Arroz
10 quilos de Feijão
25 quilos de Batatas
3 quilos de Pimentão
3 quilos de Beterraba
3 quilos de Cebola
20 quilos de Carne moída
3 quilos de Fubá
10 maços de Salsa ou Cheiro verde
10 quilos de Farinha de mandioca
360 Ovos
2 quilos de Extrato de tomate
1 quilo de Caldo de galinha
3 quilos de Suco em pó
1 quilo de Café
2 quilos de Açúcar
300 Pães
Alho
Cebola
Óleo


4 caixas de Marmitex número 8  (fechamento a máquina)


1 Botijão de gás


Sacos de lixo de 100 litros
Sabão em pó
Sabão em pedra
Água sanitária
Bombril
Detergente
Papel higiênico
Panos de pratos
Panos p/ passar no chão

Boa vontade
Garra
Determinação
Responsabilidade
Muito comprometimento
Vestir a camisa
Amor
Carinho
Dedicação


quarta-feira, 29 de maio de 2019

Quem sustenta o GAV?

O GAV vive da caridade alheia e precisa sobreviver!
Temos muitas despesas importantes e precisamos do dinheiro dos voluntários, amigos e simpatizantes para paga-las todos os meses.

Os voluntários que tem condições financeiras, contribuem com valores entre 80,00 e 100,00. Nem todos os que frequentam a ONG colaboram com dinheiro.

O dinheiro arrecadado é usado para pagar o aluguel, IPTU, luz e água. Também compramos descartáveis, material de limpeza, utensílios domésticos, gás e alimentos.

O total de despesas é aproximadamente R$ 7.000,00 por mês. 

Infelizmente, não temos patrocinadores.


Os moradores de rua dependem dos doadores. Sem dinheiro, não poderemos fazer nada e eles não terão a comida e a nossa assistência nos domingos. As doações financeiras oscilam muito, pois as pessoas assumem outros compromissos e param de ajudar os moradores de rua.

Por favor, você poderia ajudar com uma doação mensal em dinheiro?

Se você não tem condições de ajudar, poderia convidar os seus amigos para fazer doações a distância?


Importante:
Quem não pode contribuir, poderá frequentar os trabalhos sem problema nenhum e não será tratado com diferença por causa disso. 

Aquele que não tem dinheiro, mas tem boa vontade e braços fortes para descascar batatas, fazer comida e lavar caldeirões também é tão importante quanto o voluntário que contribui mensalmente com dinheiro.

terça-feira, 28 de maio de 2019

Evangelho

O evangelho é feito todos os domingos ás 17h30.

As tarefas não acabam nesse momento, apenas dão uma parada, pois todas as panelas estão no fogo e não há outra coisa para fazer senão esperar pelo cozimento completo dos alimentos.

O GAV tem um dirigente espiritual, o nome dele é irmão Carmino. Em 2002, ele me pediu para fazer o evangelho com os voluntários durante o tempo ocioso.

Os livros são distribuídos entre os voluntários e todos se concentram para entrar em sintonia com a espiritualidade presente. Em seguida, um voluntário tira um papelzinho com o capítulo que deveremos ler.

A espiritualidade sabe o que acontece nas nossas vidas. Eles sondam os nossos corações e aproveitam para conversar conosco através do evangelho. Eu já vi muitos voluntários dizerem: O evangelho de hoje foi para mim!

Nós atendemos pessoas de toda ordem (idosos, crianças, mulheres, homens, deficientes físicos, drogados, bandidos). O evangelho colabora para que a nossa fila seja
 organizada, tranquila e os moradores de rua nos respeitem.

Os moradores de rua tem obsessores que não querem que eles sejam ajudados e consigam se livrar da situação de rua. 
Se uma ONG aparece para ajuda-los, imediatamente, receberão todo tipo de ataques destes obsessores.

Além disso, os voluntários tem problemas e dificuldades na vida pessoal. Quando vão para o trabalho voluntário, levam os problemas junto.
Alguém já conseguiu entrar em um local e deixar os problemas do lado de fora, como se fosse um carro estacionado? Não dá, não é mesmo?

Quando necessário, a espiritualidade neutraliza as energias do voluntário que não está bem. Este procedimento é feito para não atrapalhar o trabalho.

O voluntário que faz o evangelho antes de sair de casa, se prepara espiritualmente, chega bem para o trabalho, tem as suas energias potencializadas e se torna um valioso instrumento para ajudar os bons espíritos.

Imagine o que poderia acontecer no momento da distribuição se as nossas energias ruins se misturassem com as energias dos moradores de rua? Eu não quero nem de pensar!

A leitura do Evangelho ajuda a harmonizar e equilibrar as energias durante o preparo da comida e no momento da distribuição na rua.

Graças a DEUS, nós podemos contar com a sustentação dos mentores espirituais. Seria muito difícil e perigoso se a espiritualidade não estivesse presente na hora da distribuição.



segunda-feira, 27 de maio de 2019

Justiça e Misericórdia

Toda vez que a justiça divina nos procurar para fazer o "acerto de contas", se nos encontrar trabalhando em benefício dos outros, por misericórdia divina, suspenderá a cobrança por tempo indeterminado.

Vamos trabalhar em favor do próximo?

A justiça divina tarda, mas não falha!


domingo, 26 de maio de 2019

Seja um voluntário

Você já pensou em se engajar em algum movimento social?

Que tal ser um verdadeiro cidadão e começar agora?

Todos nós temos obrigações com a sociedade em que vivemos. O morador de rua não é problema só do prefeito, governador e presidente. Por isso, mexa-se, faça alguma coisa para melhorar esse mundo.

Você poderá começar pelos MORADORES DE RUA.
Trata-se de uma causa nobre que precisa da sua atenção.

Só sentir pena não resolverá o problema das pessoas que moram nas ruas. Venha fazer a sua parte!

Arregace as mangas e mãos a obra!
Trabalho é o que não falta no GAV.

As pessoas que possuem trabalho voluntário nos seus currículos conseguem melhores empregos.

Empresas que incentivam seus funcionários a serem voluntários são mais respeitadas.

Voluntários em geral são mais felizes porque vivem mais tempo, tem mais disposição e se tornam fortes para enfrentar os desafios que a vida manda de vez em quando.

Enfim, temos muitas razões para incentivar o trabalho voluntário!

Todos os dias Deus nos dá - junto com o Sol - um momento em que é possível mudar tudo o que nos deixa infelizes.

Todos os dias, procuramos fingir que não percebemos este momento, que ele não existe, que hoje é igual a ontem e será igual a amanhã.

Mas, quem presta atenção no seu dia, descobre o instante mágico.

Ele pode estar escondido na hora em que enfiamos a chave na porta pela manhã, no instante do silêncio logo após o jantar ou em mais 1001 coisas que nos parecem iguais.

Este momento existe, em que toda a força das estrelas passa por nós e nos permite fazer milagres na nossa própria vida.

Tente fazer o seu milagre. Tenha coragem para mudar o que está te incomodando.


Depois de ler isto, você não tem mais desculpas!!!!!

Venha fazer alguém feliz.

Que o mestre Jesus, governador da Terra, te ajude a visualizar o verdadeiro caminho que o levará a Deus.

Torne-se receptivo para que as bênçãos cheguem até você. Preste atenção nos sinais!

Que HAJA LUZ em sua caminhada!

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Depoimentos

Estou abrindo este espaço para divulgar o SEU depoimento.

Conte-nos como está sendo a sua experiência como voluntário do GAV.

O seu depoimento estimulará as pessoas que entram aqui e ainda estão pensando se irão ajudar ou não!

Você é voluntário? Porquê?

O que você sente durante o preparo das refeições?

O que você sente quando chega na rua e vê os moradores de rua?

Você é voluntário em outra ONG? Como está sendo a sua experiência?

O trabalho voluntário melhorou a sua vida? Te tornou uma pessoa melhor?


quarta-feira, 6 de junho de 2018

Livros e filmes recomendados

Por favor, leiam os livros e assistam os filmes.

O Bairro dos Estranhos
Wilson Frungilo Jr.
IDE - Instituto de Difusão Espíritainfo@ide.org.br
vendas@ide.org.br
www.ide.org.br

O Mistério das Bolas de Gude: histórias de humanos quase invisíveis
Gilberto Dimenstein

Nosso Lar
Chico Xavier

---------------------------------------------------------
Trilogia sobre a Transição Planetária
Autor: André Luiz Ruiz
Pelo espírito Lucius
IDE Editora

Despedindo-se da Terra

Esculpindo o próprio Destino

Herdeiros do Novo Mundo

Nestes 3 livros, André Luiz Ruiz fala sobre o final dos tempos, salvação, comportamento humano, rotinas religiosas, sociais, familiares, escolhidos, eleitos, exilados, condenados...

Dr. Bezerra de Menezes e Adelino oferecem um panorama sobre os momentos atuais e a revelação sobre a separação do joio e do trigo, já em andamento. A transição planetária já está sendo feita.

É um verdadeiro roteiro para a salvação, com preciosas informações evangélicas, visando o despertamento do idealismo, das virtudes do amor, da mansuetude, do arrependimento e da força de vontade no bem.

-------------------------------------------------------
Filmes recomendados

A Corrente do Bem

Patch Adams - O amor é contagioso

Chico Xavier

Nosso lar


Estes livros e filmes falam sobre os moradores de rua, o trabalho voluntário e a caridade. São recomendadíssimos!




terça-feira, 5 de junho de 2018

Dedicação ao trabalho voluntário

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos, pelo menos uma centena de vezes.

Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.


Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.

Para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.

Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados, não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso.

Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chopp com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.

A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão e ilusão não tira ninguém de onde está, na verdade a ilusão é o combustível dos perdedores, pois...

"Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio"

"Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa"

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Frases para pensar... pensar... pensar.

Tu te tornas eternamente responsável por quem cativas!

Aqui os fortes chegaram... os fracos desistiram... e os covardes nem tentaram.

NADA resiste a força do meu querer!


Se dominares o momento, dominarás a vida!

O impossível é apenas um lugar que ninguém foi "ainda", mas que está de portas abertas para quem tiver coragem de entrar.

Todos os obstáculos se afastam diante de uma corajosa determinação!

Tudo aquilo que ganha a sua atenção tem a sua força, a sua ação e tende a crescer.

Se cruzarmos os braços, Deus cruzará também! Braços cruzados nos aleja. Covardia é guerra perdida!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível e, de repente, você estará fazendo o impossível...

DEUS tem estradas onde o mundo sequer tem caminhos...

Tudo vale a pena, se a alma não é pequena!

Andar com fé significa: Andar com Jesus, por Jesus e para Jesus.

Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos.

Não permita que alguém saia da sua presença sem estar melhor e mais feliz!
Madre Tereza de Calcutá

Seja o melhor que você puder, aonde você estiver.

Todo homem é culpado por todo o bem que ele NÃO fez.

Ajudar os nossos irmãos de rua não é ajudar apenas eles, mas a si mesmo...

O bem que praticares em algum lugar, será teu advogado em toda parte.

Ninguém recolhe o bem sem conquista-lo e ninguém recolhe o mal se atraí-lo.

Toda migalha de Amor está registrada na Lei, em favor de quem emite.

Sempre teremos algo à oferecer e à receber!

Cada pessoa a quem você preste auxílio, é mais uma chave na solução dos seus problemas.

A carência de recursos materiais dos moradores de rua não os tornam menos cidadãos. São eles que devem ter prioridade do senso de fraternidade que propiciam momentos de reflexão sobre os valores da vida humana, hoje tão banalizada.

A paz que tanto almejas está bem ao teu alcance.
Estende com amor a tua mão e a recolherás cheias de paz.

A rua pra quem vive nela, é muito mais que um simples lugar; é uma triste condição de vida, imposta pelo destino, por escolhas erradas do passado e falta de oportunidades do presente.

Levante o caído. Você ignora onde seus pés tropeçarão!

Não encontre um defeito, encontre uma SOLUÇÃO!

Cultive o prazer de ser útil.

Cada boa ação que você pratica, é uma luz que acende em torno dos próprios passos.

Flores bonitas não são aquelas que estão no seu caminho... São na verdade, aquelas que nasceram depois que você por ali passou...

Na caminhada da vida, não passe por cima de quem cair a sua frente, de-lhe a mão para que se levante. Assim, você terá companhia para prosseguir...

Todo homem solidário, jamais será solitário!

Todo o bem que eu puder fazer, toda a ternura que eu puder demonstrar a qualquer ser humano, que eu os faça agora, que não os adie ou esqueça, pois não passarei duas vezes pelo mesmo caminho.

A bondade é o único investimento que nunca falha!

O tempo é ouro, mas o serviço de caridade é luz.

Seja VOCÊ a mudança que deseja ver no mundo.

O coração é uma porta que só abre por dentro!

A caridade é o processo de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanças e dividir a felicidade para que a terra se realize na condição do esperado Reino de Deus.

Não existe nada completamente errado no mundo, até um relógio parado consegue estar certo 2 vezes por dia!

Se a célula (seu irmão) infeccionar, talvez o cirurgião tenha que operar o lugar doente e você poderá ir junto.

Viva com tanto amor no coração que se por engano você for para o inferno, o próprio demônio lhe devolverá ao paraíso!

Você deve fazer exatamente aquilo que pensa que não consegue.

Nossa vida é comparada a um espelho, só reflete o que praticamos...

Retirar lucros eternos de perdas temporárias...

Quem deve, paga! E quem merece, recebe!

Não há mal que sempre dure... E não há bem que nunca acabe...

No fim tudo dá certo, se não deu, é porque ainda não chegou o fim.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Jantar de Natal 2014

Amigos,

O jantar de natal dos moradores de rua foi um sucesso!

Nós começamos os preparativos em Outubro. Trabalhamos todos os sábados e domingos de dezembro até o dia do Jantar de Natal.

Tudo foi preparado com primor, esmero, dedicação e amor.

As tarefas foram planejadas com antecedência. Vencemos etapa por etapa. Foi dando tudo certo até o final.

O nosso domingo foi lindo!

Os voluntários foram chegando um a um...

As voluntárias começaram a lavar e picar as couves e refoga-las. Outra turma começou a cortar os abacaxis em rodelas e ensaca-los.

Os rapazes descascaram as laranjas e armazenaram as bananas nas caixas.

Por volta das 16h30, nos sentamos à mesa para almoçarmos juntos. Todos comeram a feijoada e se deliciaram. Ela estava divina. Quem não foi, perdeu!

Assim que descansamos do almoço (a feijoada deixou todo mundo mole), nos sentamos juntos para fazer o evangelho.

Mas... eu fiz uma surpresa para os voluntários.
Distribuí papéis e canetas para fazer o Correio Positivo.

Um voluntário sentava no meio da roda e os colegas escreviam frases positivas para ele. Fizemos o rodízio. Um por um sentou-se no meio da roda. No final, cada um tinha 30 papeizinhos nas mãos contendo palavras carinhosas dos colegas que trabalharam juntos o ano inteiro. Foi o momento de trocar energias boas.

A brincadeira foi gostosa. Saiu muita coisa engraçada. Todos ficaram muito felizes com os resultados do correio positivo.

Antes de iniciar o evangelho, eu fiz alguns agradecimentos especiais.

Eu comprei presentes e dei para os 3 voluntários que foram destaques em 2015:

Professor Valdemir, grande amigo, está sempre disponível e divide algumas tarefas comigo.
Nivaldo, outro grande amigo, está sempre disponível e divide algumas tarefas comigo.
Leonardo, grande parceiro. Excelente trabalho desenvolvido com as famílias da ocupação.


Depois, nós fizemos o Evangelho especial de natal.

Enchemos as marmitas. Elas ficaram cheias de feijoada até a boca. Foram bem avantajadas!

Em seguida, lavamos o salão e arrumamos as tralhas.

Antes de sairmos, colocamos os 2 bolos na mesa e cantamos parabéns para as aniversariantes de Dezembro.

Ao chegarmos na R: Marconi, a fila de moradores de rua estava arrumada. Os palhaços chegaram primeiro e começaram a atuar...

Nós descarregamos os carros, arrumamos cada posto de trabalho, distribuímos as tarefas e começamos a distribuição especial.

Correu tudo tranquilo e na santa paz!
Mais uma vez, a distribuição do Jantar de Natal foi abençoada por DEUS e pelos amigos espirituais.

Nós sentimos muitas energias boas circulando pelo ar. O ambiente estava leve e agradável. Percebemos que a espiritualidade preparou tudo antes da nossa chegada.

Na hora da oração de encerramento, era notória a alegria e satisfação nos rostos de todos os voluntários. Nós estávamos super cansados, mas muito agradecidos e realizados.

A vida é feita de momentos!
O GAV proporciona momentos felizes aos voluntários e aos moradores de rua.

Dia 24 de Dezembro a meia-noite, os moradores de rua se sentirão tristes porque estarão longe de suas famílias em plena noite de Natal, mas se lembrarão dos voluntários do GAV e da noite tão especial que fizemos exclusivamente para eles.

Eu pedi para se lembrarem da festa de natal que ganharam, se caso sentirem vontade de chorar.

21/12/2014

segunda-feira, 25 de março de 2013

PÁSCOA 2013

Graças ao bom DEUS, a distribuição de páscoa foi SENSACIONAL. Tudo correu maravilhosamente bem!

A energia dos voluntários estava maravilhosa, todos trabalharam muito bem, a harmonia estava excelente e a comida ficou deliciosa.

Deu gosto de ver os moradores de rua devorando as marmitas. Eles terminavam de comer e vinham nos dizer que a comida estava demais. A vaca atolada fez muito sucesso!

A voluntária Ellen ganhou muitos sorrisos! Foi ela quem distribuiu os ovos de páscoa e viu os olhinhos de cada um brilhar feito estrela reluzente. Eles ficaram surpresos e felizes da vida!


Eu sabia que eles iriam gostar!
Quem não gosta de ganhar ovo de páscoa?


Nós mostramos que eles são importantes, queridos e muito amados.

No dia 31 de março, quando todos estarão em volta da mesa na companhia dos seus familiares queridos, eles estarão sentados nas sarjetas. Mas, com uma diferença, as lembranças da noite de páscoa estarão em suas memórias.

Muito obrigada as pessoas que doaram dinheiro para comprar os ovos de páscoa e os ingredientes do jantar especial, pois ajudaram a páscoa dos moradores de rua se tornar realidade.

Muito obrigada aos voluntários que ajudaram a preparar o jantar. Sem vocês, a festa não teria acontecido. DEUS abençoe suas mãos e boa vontade.

Viva DEUS!
Viva Jesus Cristo!

Viva a espiritualidade que nunca nos abandona e está sempre presente!
Viva o nosso dirigente espiritual, Irmão Carmino.


25/03/2013

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Nossa música: Dias Melhores - Jota Quest

Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz
Dias a mais
Dias que não deixaremos para trás

Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo

Vivemos esperando
O dia em que seremos
Para sempre
vivemos esperando
Dias Melhores pra sempre
Dias melhores pra sempre
Pra sempreeee

Vivemos esperando dias melhores
Dias de Paz
Dias a Mais
Dias que não deixaremos para trás

Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no Amor
Melhores na Dor
Melhores em Tudo

Vivemos esperando
O dia em que seremos
para sempre
Vivemos esperando
Dias Melhores pra sempre
Dias Melhores pra sempre

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Campanha Auta de Souza

O que é Campanha Auta de Souza?

A Campanha de Fraternidade “Auta de Souza” é uma campanha de rua que se destina a levar a sublimidade dos ensinos de Jesus, através da Doutrina Espírita, aos lares visitados, de porta em porta, sob a forma de uma palavra de conforto e de bom ânimo, de um ensinamento ou de uma amorosa vibração através de mensagens transmitidas pelos Espíritos responsáveis pela Evangelização do Brasil, e, bem assim, angariar donativos para as famílias carentes de ajuda em alimentos, roupas, agasalhos, etc.

http://www.concafras.com/concafras/index.php/cfas

----------------------------------------------------------------------------
AUTA DE SOUZA
por Francisco Aranda Gabilan

Uma figura pouco conhecida, apesar de muito citada no meio Espírita.

Vamos conhecê-la um pouco melhor?

Desde o século II depois da crucifixão de Jesus, a humanidade do Planeta Terra estava estacionária, prevalecendo toda a sorte de interesses da minoria religiosa dominante, mantendo-se a ferro e fogo a ignorância: verdadeiro período de trevas.

A partir do final do séc. XVIII (mais ou menos depois de 1790), os prepostos do Alto decidiram que reencarnariam no Planeta emissários de todos os ramos do conhecimento humano, a fim de imprimir um surto de desenvolvimento mais rápido e eficaz. Foi assim que reencarnaram grandes vultos das ciências e das artes: na Biologia, na Química, na Física, na Matemática, na Medicina, na Farmacopéia, na Arquitetura, na Engenharia, na Pintura, na Escultura, na Literatura...

Grandes movimentos de liberação dos povos ocorreram pela intervenção do Alto: em 1787, a Independência americana; em 1789, a Revolução Francesa; no Brasil: em 1789, a Inconfidência Mineira; em 1822, a Independência do Brasil, mais tarde em 1889, a proclamação da República.

Em termos de Filosofia e de Religião, surgiu na Europa (França) um movimento novo - baseado em informações dos movimentos de Seres extra-corpóreos, denominados Espíritos - liderado pelo Prof. Hyppolite Léon Denizard Rivail, depois cognominado ALLAN KARDEC, constituindo verdadeira revolução do conhecimento humano; desse trabalho derivou a edição de várias obras: Livro dos Espíritos (LE, abril 1857), Livro dos Médiuns (LM, janeiro 1861), Evangelho Segundo o Espiritismo (ES, abril 1864), Céu e Inferno (CI, agosto 1865), A Gênese (GEN, janeiro 1868) e Obras Póstumas (OP, 1890), representando as obras básicas da Codificação Espírita.

Esse movimento, no final do séc. XIX, atingiu em cheio o Brasil, onde também haviam reencarnado vários luminares, em especial na literatura: tais como Castro Alves, Olavo Bilac, Machado de Assis, Artur Azevedo, Bernardo da Costa Lopes, Guimarães Passos ,Vicente de Carvalho. Raimundo Correia, Alberto de Oliveira, Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Fagundes Varela, Junqueira Freire, José de Alencar, Joaquim Manuel de Macedo e tantos outros.

Nesse contexto de desenvolvimento das letras nacionais, é que nasce em Macaíba, RN, AUTA DE SOUZA, em 12 de setembro de 1876.

Breve trajetória:
Essa criatura, autora de uma única obra, desde pequena (única menina dentre 5 filhos) passou por uma vida de provações: com 3 anos, desencarna sua mãe; com 5 anos, desencarna seu pai; passa para a guarda dos avós maternos, que se transferem para o Recife.

Tinha uma precocidade extraordinária: aos 7 (1883) anos já lia estórias para crianças pobres e para escravos;

Em 1887, seu irmão Irineu morre queimado (daí parece que derivou seu pensamento constante sobre a morte e sobre a infância em sua poesia);

Em 1888, é matriculada no Colégio S.V. de Paulo (Estância, Recife), onde recebe educação primorosa, especialmente a religiosa, estudando até 1890 o Evangelho profundamente; falava o francês fluentemente, daí pôde ter contato com a literatura da época (os grandes mestres retro citados);

Sempre foi frágil fisicamente, até que em 1890 contrai a doença que a consumirá até o final da vida; a partir daí, retorna para Macaíba, em razão do clima.

Com 17 anos de idade, em 1893, são publicadas suas primeiras poesias em jornais locais e revistas.

No final de 1900 (portanto, com 23 anos), vê publicado seu primeiro e único livro, denominado HORTO (nome da primeira das poesias que o enfeixa), prefaciado - nada mais, nada menos! - por OLAVO BILAC.

Vale a pena ler esse prefácio.

Como vale a pena ir na abertura do livro do mesmo nome e sentir a ressonância e leveza do poema HORTO.

Sua fixação pelos assuntos religiosos e pela morte valeram-lhe o designativo de Maior Poetisa Mística do Brasil. É bom exemplo dessa sua faceta o poema Página Triste.

Em verdadeira premonição dos seus últimos dias de vida, produz o poema que fecha o livro: FIO PARTIDO. Sobressai desses versos a exata idéia de que deixaria logo o corpo físico.

Efetivamente, em 07 de fevereiro de 1901, desencarna (em Natal-RN), aos verdes 24 anos de idade.

Em 1930, Francisco Cândido Xavier recebera uma poesia de uma jovem desencarnada: N. SRA. DA AMARGURA (que consta na íntegra na pg. 29 do livro Auta de Souza, de Clóvis Tavares e Stig Roland Ibsen).

Uma curiosidade a propósito do episódio da recepção da poetisa desencarnada pelo Chico, que o Dr. Elias Barbosa relata na obra No Mundo de Chico Xavier, ao perguntar ao médium se ele se recordava "de modo particular, alguma produção que ficasse inesquecível em sua memória", que respondeu: "Sim, recordo-me de um soneto intitulado "N. Sra. Da Amargura", que, se não me engano quanto à data, foi publicado pelo Almanaque de Lembranças, de Lisboa, na sua edição de 1932. Eu estava em oração, certa noite, quando se aproximou de mim o espírito de uma jovem, irradiando intensa luz. Pediu papel e lápis e escreveu o soneto a que me referi. Chorou tanto ao escrevê-lo que eu também comecei a chorar de emoção, sem saber, naquele momento, se meus olhos eram os dela ou se os olhos dela eram os meus. Mais tarde, soube, por nosso caro Emmanuel, que se tratava de Auta de Souza, a admirável poetisa do Rio Grande do Norte."

Vale a pena também ler esse poema de indescritível beleza da poetisa já desencarnada.

A partir daí, com a edição do Livro PARNASO DE ALÉM TÚMULO, em 1931, há uma vasta produção mediúnica passada por AUTA DE SOUZA para o médium: 89 poesias e 27 trovas.

No plano dos homens tarefeiros da Seara Espírita, ela também aparece: Em 1950, NIMPHO DE PAULA CORRÊA (do C. E. Discípulos de Jesus, de Campo Grande-MS) participava da Campanha do Quilo; em 1952, transfere-se para São Paulo e freqüenta a FEESP, ombreando com o Sr. José Gonçalves Pereira na assistência social, sendo criada a CAMPANHA DA FRATERNIDADE; de Pedro Leopoldo vieram comunicações de apoio da espiritualidade, em especial de AUTA DE SOUZA - Nesse sentido o poema MIGALHA. E outras poesias de incentivo: ESCUTA, BENDITA SEJAS, DIVIDE, ORAÇÃO DE HOJE, PENSA, SUBLIME ENCONTRO, AOS CARAVANEIROS DO BEM.

Decidiu-se, assim, que a campanha passaria a chamar-se CAMPANHA DE FRATERNIDADE AUTA DE SOUZA, com os seguintes objetivos:

Divulgar a Doutrina Espírita

Arrecadar Donativos

Praticar e oportunizar a Caridade

Eis aí, amigos e estudiosos espíritas, um ligeiro escorço sobre essa personalidade tão marcante.

(base: Palestra feita no C. E. Irmão X, Ferraz de Vasconcelos)

sábado, 5 de janeiro de 2013

Mensagens Espíritas

IRMÃO DE CHICO É BENEFICIADO PELO SERVIÇO AO PRÓXIMO

O Irmão de Chico Xavier é autorizado à desencarnação (José Cândido Xavier, irmão do médium Chico Xavier) em 1939, inesperadamente, foi acometido de um insulto cerebral.

Chico pediu a ajuda do Espírito Dr. Adolfo Bezerra de Menezes.

Ele informou-o que, pela Lei de Causa e Efeito, seu irmão deveria permanecer 11 anos preso ao leito, paralítico e demente. Entretanto, preces e pedidos intercessórios chegavam continuamente ao Plano Superior, partidos daqueles a quem ele beneficiara.

Em face disso, os espíritos responsáveis pela sua atual encarnação estudavam a possibilidade de conceder-lhe a desencarnação imediata.

Durante muitas horas consecutivas, Emmanuel, André Luiz, Bezerra de Menezes e Scheilla, juntamente com Chico, formando um círculo em torno do enfermo, oravam.

Após longo tempo de expectativa, chega a solução do Alto: a desencarnação seria outorgada.

Não como uma "graça" - o que importaria na negação da Justiça Divina, que dá a cada um segundo as suas obras - mas porque os 11 anos de serviços prestados a Jesus, repleto de suor e lágrimas, como dedicado obreiro do Centro Espírita Luiz Gonzaga - a forja do amor, amparo e paz do ciclópico Chico Xavier - proporcionaram ao moribundo o CANCELAMENTO do seu débito para com a Lei.

Os 11 anos de ininterrupto e intenso labor espírita equivaleram e substituíram os 11 anos de dolorosa imobilidade que o aguardavam, como fruto amargo dos desatinos que cometera em existência passada.

O espírito é sempre o árbitro do seu destino, podendo prolongar os sofrimentos pela obstinação no mal, ou amenizá-los e anulá-los pela prática do bem.

Nesta mesma noite, indultado pelas suas ações de abnegação e renúncia, José Xavier abandonava a vestimenta carnal imprestável.

Felizes dos devedores em condições de se quitarem.


Coronel Edynaldo Weyne, janeiro de 1989
Livro: Lições de Sabedoria - Chico Xavier nos 22 Anos da Folha Espírita
Marlene Rossi Severino Nobre
FE Editora Jornalística



---------------------------
SEU TEMPO E SEUS RECURSOS

Tuas horas e tuas forças, conhecimentos e recursos, quaisquer que sejam, são concessões de DEUS em tuas mãos, que podes repartir com o próximo, a benefício de ti mesmo.



Livro: Meditações Diárias - Emmanuel
Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel
IDE – Instituto de Difusão Espírita


----------------------
Visite ao menos 1 vez por mês um hospital onde se encontram crianças sofredoras, um asilo onde existem idosos esquecidos, moradores de rua e necessitados de toda sorte.

A dor nos outros nos ensina a conter nossa dor.

E nossas dores nos explicam como doem as dores alheias.


Livro: Ementário Espírita
Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Marco Prisco
Casa Editora O Clarim


quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Tarefas Significativas

Visitar o doente no hospital.

Costurar para os desnudos.

Oferecer um prato de sopa ao faminto.

Estender a xícara de leite a quem deva tomar um remédio.

Cooperar na limpeza de uma instituição assistencial.

Sorrir para o desesperançado.

Dar presença incentivando os companheiros a perseverarem.


Não demonstrar abatimento.

Retribuir a gentileza de um amigo.

Escrever um bilhete de apoio a quem esteja em prova.

Falar edificando.

Não tecer comentários desairosos.

Cuidar do jardim.

Eis algumas das tarefas mais significativas para quem realmente deseje ser útil.



Livro: Vigiai e Orai
Carlos A. Baccelli, pelo Espírito Irmão José
Casa Editora Espírita Pierre-Paul Didier


Para mudar o mundo é preciso mudar a si mesmo.

*

sábado, 1 de janeiro de 2011

Vanessa Fabíola Santos de Souza

Dia 24/12/2010 ás 13h00, uma mulher com 3 filhos tocou a campainha da minha casa e me pediu alimentos. Eu a atendi e pedi para esperar.

Peguei 1 sacola e fui colocando tudo o que podia.
Algumas coisas eu não tinha em duplicidade, então, eu dividi.

Ela mora na Estrada do Iguatemi - Cidade Tiradentes - Zona Leste.

Eu pedi o telefone da mulher e disse que pertenço a um grupo que faz comida para moradores de rua. De vez em quando, recebemos doações que não são usadas na ONG, mas podem ser usadas perfeitamente dentro de uma casa com crianças.

Eu fico muito sensibilizada quando tem crianças passando fome e necessidades.
Hoje sou mãe e me coloco facilmente no lugar de outra mãe.
Uma mão lava a outra!
E assim caminhamos de acordo com a vontade de DEUS.

Vanessa Fabíola Santos de Souza

Filhos:

MATHEUS
menino
8 anos
Roupas tamanho 10
Sapato nº 31

MICAELY
menina
6 anos, quase 7
Roupas tamanho 10
Sapato nº 30

GABRIEL
menino
2 anos
Roupas tamanho 4
Sapato nº 25

Eu e a Vanessa fizemos um acordo:
Todo último domingo do mês, ela irá ao GAV para retirar 1 cesta básica, roupas e sapatos para as crianças.

Vamos ajudar da Vanessa???

Entregue as suas doações na sede do GAV antes de chegar o último domingo do mês, para que dê tempo da Vanessa passar e recolher tudo.


segunda-feira, 1 de novembro de 2010

GAV irá expor na FEIRA ONG BRASIL 2010

Dias 25, 26 e 27 de Novembro 2010.

Isso é maravilhoso!!!!

Quem sabe será nesta feira que chegará um grande patrocinador E a kombi que tanto necessitamos para transportar as caixas de isopor cheias de marmitas + tralhas de apoio.

Eu precisarei de umas 21 pessoas para ficar comigo no stand e fazer revezamento.
O ideal será umas 7 pessoas para cada dia de feira.

Também preciso de idéias para colocar no stand.
Estou pensando em colocar 1 faixa grande, fotos e mandar fazer folders na gráfica...

Precisamos pensar no material de divulgação que iremos levar para a feira.

Me ajudem!

Mandem dicas!

Eu estou muuuuuuuuuuuuito feliz por conta desta feira!!!!

Maravilha!

Bom! Muuuuuito bom!

-----------------------------------------------------------------------------------------

LISTA DE EXPOSITORES
http://www.ongbrasil.com.br/index.php?pgID=expositores-lista

CHAMADA DO GAV
http://www.ongbrasil.com.br/index.php?canal=noticias&pgID=201010-160515-e693b1fd

FOTOS DA FEIRA
http://www.ongbrasil.com.br/index.php?canal=galeria&pgID=7

O QUE É A FEIRA ONG BRASIL 2010?
http://www.ongbrasil.com.br/index.php?pgID=perfil-evento


O Que é o evento ONG Brasil?

Composto por exposição e congresso internacional, ONG Brasil é um evento sem fins lucrativos, direcionado para o desenvolvimento e a capacitação das Organizações Não Governamentais (ONGs) Brasileiras e/ou com atuação no País.

Quem visita a feira ONG Brasil?

Nos 2 primeiros dias o evento deverá reunir cerca de 4 mil profissionais entre:

- Gestores do Terceiro Setor

- Representantes da área de Responsabilidade Social, Gestão Ambiental, Marketing e outras correlatas de organizações do Primeiro e do Segundo Setores (Governo e Empresas)

- Profissionais de empresas que ainda não têm uma política de Responsabilidade Social e estão definindo o foco a ser adotado.

- Empresários e outros profissionais

- Cidadãos que buscam uma causa para começarem uma ação social, seja com a doação de dinheiro ou outros bens materiais, ou ainda a “doação” de tempo por meio do trabalho voluntário.

No sábado 27/11, terceiro dia, além do público descrito acima, o evento será aberto ao grande público.

Quem expõe na feira ONG Brasil?

- Organizações Não Governamentais (ONGs) Brasileiras ou com atuação no Brasil

- Fundações e Institutos ligados ao Governo e à iniciativa privada.


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Distribuição de 10 de Outubro 2010

Mais uma vez - graças ao bom e poderoso DEUS - eu voltei para casa muito feliz.
Ontem, quando chegamos na R: Marconi, haviam muitos moradores de rua nos esperando como antigamente.

Eles chegam e vão se sentando na calçada para nos esperar...
Os meus amorzinhos estão voltando a receber o carinho e o amor do GAV de novo.

Muitos me reconheceram de novo: Oiiiiiiii dona Rose!

Vocês voltaram? Que maravilha! Vamos comer comida boa de novo?

Este som é tão maravilhoso quanto a voz dos meus pais, meus filhos e meus avós.

Também fiquei muito impressionada com a quantidade de gente que perguntou do meu filho Lorenzzo.

- Dona Rose, cadê o seu filhinho? Ele deve estar grande né?

Se lembraram até do meu filho!

Eles acompanharam a minha gravidez inteira, me viram barrigudona de 9 meses e depois conheceram o Lorenzzo bebezinho. Isso não é demais?

Distribuímos muitas marmitas na R: Marconi e depois fomos para o Largo São Francisco.

No 1º dia de retorno, começamos com 70 marmitas, depois aumentamos para 100 e agora está em 250.

Iremos aumentando conforme os nossos "clientes" forem voltando...

Preciso contar um segredo... com essa história de ficar indo distribuir o restante das marmitas no Largo São Francisco eu já estou me apegando a eles e não vou querer larga-los mais.

Estamos levando o restante das marmitas para o Largo São Francisco porque a quantidade de moradores de rua que vão para a R: Marconi ainda não é como antigamente (média de 300 a 350 pessoas).

Eu disse para os voluntários que iremos parar de ir ao Largo São Francisco assim que voltarmos a receber 300 pessoas na fila da R: Marconi.

Falei isso, mas o meu coração está me contradizendo, pois estou ficando seriamente apegada ao povo do Largo São Francisco também.

Hoje, o GAV não tem dinheiro em caixa para distribuir em 2 pontos do centro da cidade.

Teremos que fixar na R: Marconi mesmo. Eu gostaria muito de dar comida para aquele povo todo e não me importa que teríamos que cozinhar mais comida. Infelizmente, isso não está ao nosso alcance. Seriam necessárias 450 marmitas para sustentar os 2 lugares.

Estou avisando o povo do Largo São Francisco que o nosso ponto fixo é a R: Marconi e eles deverão ir para lá todos os domingos ás 20h30.

Eu tenho uma quedinha por morador de rua. Eles não têm mais nada a perder e se mostram para as pessoas como são, sem máscaras, sem falsidade e sem o verniz social que as pessoas comuns tem.

Eu gosto de pessoas autênticas e os moradores de rua são assim. 
Ame-os ou odeie-os!

Os meus "filhos" estão voltando para o GAV de novo! E eu estou feliz da vida.


Os voluntários do GAV são brilhantes, parece que já nasceram sabendo, estão se adaptando super bem a preparação da comida e tudo acontece perfeitamente porque eles trabalham incansavelmente.

O time de voluntários do GAV é 10.

8

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A distribuição do dia 26/09 foi muito triste

Primeiro, nós disbribuímos um pouco de marmitex na R: Marconi, pois é o nosso ponto fixo de distribuição desde que inauguramos o GAV em 1999.

Depois, fomos distribuir o restante no Largo São Francisco, próximo da Sé.

Que judiação! Foram cenas horríveis. Doeu o coração!

No largo são francisco, haviam muitos moradores de rua, uns 300 mais ou menos.
Alguns puderam fazer fila, outros nem se levantavam do lugar, tamanho era o frio.

Assim que terminou a fila, nós pegamos as caixas de isopor e fomos entregando para aqueles que estavam deitados nos cantos. Foi muito triste. Eu cutucava e chamava, eles abriam só um buraquinho do cobertor, dava para ver apenas os olhos deles. Ai que dó meu Deus!

Muitos cobertores estavam molhados, mesmo assim eles continuavam enrolados neles.
Eles estavam deitados em cima de papelões ensopados d'água.

Tinham crianças, idosos, mulheres e homens.

Tivemos que ajudar muitos a se sentarem para comer porque estavam com dor.

Trabalhamos felizes o dia inteiro, mas na distribuição a alegria foi pelo ralo.
Ao ver aquelas cenas, alguns voluntários choraram e outros ficaram com vontade de chorar.

Os moradores de rua sofrem normalmente, mas sofrem mais ainda quando está chovendo. A situação é extremamente crítica. Um desespero total.

O trabalho terminou e cada voluntário voltou para a sua casa.
Eu tenho certeza absoluta que, naquela noite, todos foram dormir pensativos e tristes.

Eu me deitei na cama e não consegui pegar no sono.
As cenas vinham toda hora na minha mente.

É difícil aceitar que um ser humano esteja numa situação tão miserável daquela.
A criatura não tem comida, roupas, casa, banho e dignidade.

É por essas e outras que, a cada dia que passa, sinto mais vontade de trabalhar pelos moradores de rua. E espero que muitos voluntários me acompanhem, para juntos aliviarmos um pouquinho a dor deles, nem que seja a fome do domingo á noite.

*

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Casamento solidário

A minha colega de orkut - Cláudia Mera - me pediu para recolher os alimentos que seriam doados no casamento do irmão dela.

Em vez de "passar" a gravata, eles pediram alimentos e cestas básicas para os convidados.

Os voluntários pararam os carros no estacionamento do buffet, colocaram uma faixa e começaram a receber as doações dos convidados que foram chegando para a festa de casamento.

----------------------------------------------------------------------------
No dia 27 de Agosto de 2010, eu recebi um email da Claudia Mera:

Olá,


Conforme conversamos, gostaria de fechar com o GAV a doação de alimentos numa ação solidaria no casamento do meu irmão, que ocorrerá dia 19 de setembro de 2010- domingo

Local: estacionamento do Buffet Callegari na cantareira zona norte das 15hs às 18hs aproximadamente (tempo de estada dos voluntarios).

Serão 200 convidados na festa que serão avisados de que haverá arrecadação de alimentos ao invés da famosa "gravata".

Para que tudo ocorra de acordo, precisaria haver no local pelo menos 03 voluntarios do GAV com camisetas da ONG, se houver possibilidade de levar fotos com as ações da ONG melhor ainda para divulgação, é importante que seja usado um veiculo adequado para carregar os alimentos, como pick up, kombi, etc.

Preciso do seu ok, para fecharmos com o GAV e divulgarmos o quanto antes, pois com toda a correria do casamento, infelizmente acabou ficando tudo para última hora.

Aguardo sua resposta urgentemente!

Obrigada!

Claudia Mera

------------------------------------------------------------------------
Minha resposta:

Pode fechar!

Use o BLOG do GAV para fazer a divulgação.

Obrigada

-------------------------------------------------------------------------
Que ótimo!!

Já fizemos panfletinhos com o blog do GAV e estamos distribuindo entre os convidados.

Além da arrecadação de alimentos, certamente será uma ótima oportunidade de divulgar o trabalho de vcs para conseguir futuras doações ou mesmo novos voluntários.

Bjs

Claudia Mera

------------------------------------------------------------------------------
RESULTADO

A arrecadação foi muito boa.

Agradeço muito a Claudia Mera e o seu irmão Rodrigo pela oportunidade que nos deu para receber estes alimentos. Vieram em muito boa hora!

Agradeço também ao Leandro e a Michelle, pois eles ficaram de "prontidão" caso fosse necessário. 
Eu combinei com eles que iriamos aciona-los se viessem mais alimentos que o esperado e não fosse possível transporta-los no porta-malas do carro do Marcelo.

Agradeço ao Marcelo e ao André por terem ído distribuir "simpatia" para os convidados e recolher os alimentos.

Amigos, o GAV precisa ser chamado para mais casamentos!

Povo, casem-se e façam a gravata solidária, o GAV ficará feliz e os noivos também!

Arroz = 104 kg.
Feijão = 22 kg.
Açúcar = 17 kg.
Café = 3,250 kg.
13 potes de Óleo
Polpa de tomate = 6 unidades de 520 g.
Sal = 8 kg.
Macarrão = 9 kg.
Farinha de Mandioca = 4 kg
Milharina = 3 kg
Fubá = 2,500 kg
Farinha de trigo = 9 kg
Lentilha = 1 kg
Ervilha = 1 lata
Milho = 1 lata
Leite = 1 litro

22/09/2010