Logotipo

Logotipo




terça-feira, 28 de maio de 2019

Evangelho

O evangelho é feito todos os domingos ás 17h30.

As tarefas não acabam nesse momento, apenas dão uma parada, pois todas as panelas estão no fogo e não há outra coisa para fazer senão esperar pelo cozimento completo dos alimentos.

O GAV tem um dirigente espiritual, o nome dele é irmão Carmino. Em 2002, ele me pediu para fazer o evangelho com os voluntários durante o tempo ocioso.

Os livros são distribuídos entre os voluntários e todos se concentram para entrar em sintonia com a espiritualidade presente. Em seguida, um voluntário tira um papelzinho com o capítulo que deveremos ler.

A espiritualidade sabe o que acontece nas nossas vidas. Eles sondam os nossos corações e aproveitam para conversar conosco através do evangelho. Eu já vi muitos voluntários dizerem: O evangelho de hoje foi para mim!

Nós atendemos pessoas de toda ordem (idosos, crianças, mulheres, homens, deficientes físicos, drogados, bandidos). O evangelho colabora para que a nossa fila seja
 organizada, tranquila e os moradores de rua nos respeitem.

Os moradores de rua tem obsessores que não querem que eles sejam ajudados e consigam se livrar da situação de rua. 
Se uma ONG aparece para ajuda-los, imediatamente, receberão todo tipo de ataques destes obsessores.

Além disso, os voluntários tem problemas e dificuldades na vida pessoal. Quando vão para o trabalho voluntário, levam os problemas junto.
Alguém já conseguiu entrar em um local e deixar os problemas do lado de fora, como se fosse um carro estacionado? Não dá, não é mesmo?

Quando necessário, a espiritualidade neutraliza as energias do voluntário que não está bem. Este procedimento é feito para não atrapalhar o trabalho.

O voluntário que faz o evangelho antes de sair de casa, se prepara espiritualmente, chega bem para o trabalho, tem as suas energias potencializadas e se torna um valioso instrumento para ajudar os bons espíritos.

Imagine o que poderia acontecer no momento da distribuição se as nossas energias ruins se misturassem com as energias dos moradores de rua? Eu não quero nem de pensar!

A leitura do Evangelho ajuda a harmonizar e equilibrar as energias durante o preparo da comida e no momento da distribuição na rua.

Graças a DEUS, nós podemos contar com a sustentação dos mentores espirituais. Seria muito difícil e perigoso se a espiritualidade não estivesse presente na hora da distribuição.